Sobre Paulo Braga

Pianista, criador do Departamento de Música Popular do Conservatório da cidade de Tatuí (SP), professor do departamento de música da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), professor e, atualmente, coordenador pedagógico da EMESP (Escola de Musica do Estado de São Paulo – Tom Jobim).

Solista da Orquestra Jazz Sinfônica do Estado de São Paulo e da Royal Philarmonic Concert Orchestra de Londres apresentou-se com grandes nomes da música como Moacir Santos, Milton Nascimento, Mônica Salmaso,Toninho Ferragutti, entre outros. Foi parceiro em gravações de Léa Freire, Gil Jardim, Vânia Bastos, Tetê Espindola. A convite de Nelson Ayres fez parte da Orquestra Jazz Sinfônica do Estado de São Paulo.

Começou a tocar com Arrigo Barnabé em 1988  e vinte  anos depois gravaram o CD Ao Vivo em Porto (Portugal) – que registra a suite Clara Crocodilo, composta por Arrigo, em uma versão para dois pianos.

 Com o flautista e saxofonista Mané Silveira e o percussionista Guello, Paulo Braga forma o trio Bonsai, um dos mais importantes grupos de música instrumental brasileira. Integra também o quarteto  de música contemporânea QuartaD com Luiz Amato(violino) Luiz Afonso Montanha ( Clarinete) e Raiff Dantas ( Violoncelo). Com Marco Suzano e Andrea Ernest Dias, Paulo forma  o Grupo 3 – 63 que lançou recentemente o CD  “Trio 3-63” pelo selo Sambatown (2009).

Anúncios

1 Comentário

  1. Paulo Braga, gostaria de adquirir o CD que ouvi na Cultura hoje – 13 de maio 2010- aguardo orientação. Obrigada
    Helene


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s